About Me

27 de nov. de 2019

Youtube: Blogueira de baixa renda.

Hoje eu vou apresentar para vocês - se é que vocês já não conhecem - a Nathaly, uma jovem carioca de vinte e seis anos que mora no Morro do Banco que compartilha com seus 140 mil inscritos no youtube e 104 mil no instagram a rotina de alguém que vive com uma renda baixa, ou então como a própria diz, Lifestyle do pobre.

Ela compartilha conosco desde o seu café da manhã tradicional do pobre até dicas para viver bem com o mínimo, como organizar nosso dinheiro, dicas de cidades para visitar, entretenimento baratos para fazer e muito mais coisas.

A maioria de seus vídeos são bate-papos, conversas com a câmera como por exemplo o vídeo abaixo - que por sinal, é gatilho de violência doméstica.. Sobre a própria prima -  são coisas simples que a maioria das blogueiras ignoram ou fingem que não fazem parte da realidade delas.

Nathaly trás a vida de verdade para dentro do youtube, sem filtros, sem medos de julgamentos. Uma influencer carioca, do morro e que mostra vida como ela realmente é.




23 de nov. de 2019

Coragem é Agir Com o Coração



Sobre o livro:


Nome: Coragem é Agir com o Coração;
Autor: Fred Elboni;
Páginas: 144;
Ano de lançamento: 2019;
Editora: Sextante.

Sinopse


Coragem não tem nada a ver com pular de paraquedas, falar em público ou enfrentar um adversário poderoso. Experimentamos a verdadeira coragem quando revelamos o que está dentro de nós e expressamos nossos sentimentos e desejos mais profundos: quando convidamos uma pessoa para sair, dividimos o que sentimos, escolhemos um caminho profissional, defendemos uma causa. A coragem nos abre para o que realmente importa na vida: conexões baseadas na verdade e no amor. Mas como ser verdadeiro e vulnerável nesse mundo de perfeccionismo, cobranças e comparações constantes. Este é o tema deste livro.
Minhas impressões:  

Quem conhece o Fred sabe que o homem não tem papas na língua quando o assunto é sentimento, que ele sempre tem as palavras certas nos momentos certos, sejam eles difíceis ou não. Como ele diz nós sempre estamos em processo de crescimento e aprender a lidar com nossos sentimentos é parte disto, que nosso amadurecimento emocional é tão importante quanto o nosso crescimento corporal e é esse o assunto abordado em seus videos e agora também em seus livros.

Em Coragem é Agir com o Coração o tema abordado é a Vulnerabilidade e em como ela está lado a lado na nossa vida mesmo que não seja diretamente ou então como ela nos atinge diretamente, nos fazendo deixar de arriscar coisas que seriam importantes para nós, ou pelo menos, diferente.

Em uma conversa descontraída, sem chegar perto de ser um livro autoajuda, Fred nos exemplifica como a vulnerabilidade interferiu diretamente em sua vida e como aprender a lidar com ela o deixou mais maduro e mais receptível para novos ares, sentimentos e acontecimentos. Ele nos passa os experimentos que fez para conseguir lidar com essa sensação de insegurança, como aprender a ser mais confiante e deixar esse sentimento de lado fazendo com que ele se tornasse uma nova pessoa, um novo Fred. 

E eu, como uma garota altamente insegura e com medo de arriscar, acabei me sentindo completamente abraçada. Ler esse livro era como se o Fred me abraçasse e dissesse "eu entendo você, vai ficar tudo bem, relaxe, respire e tente. Se arrisque.".  

Eu vou deixar aqui algumas frases do livro que mais me chamaram atenção.

"As possibilidades de rejeição são infinitas. E a certeza de que mais dia menos dias ela ocorrerá, também"
 "Não existe remédio de farmácia para um sonho que se foi."
" Fugir nunca será uma solução inteligente, tampouco sem consequências, pois dores sempre voltam, e cada vez mais fortes, mais profundas e difíceis de dissolver" 

3 de mar. de 2019

O Babadook (NETFLIX)


Ba-ba-ba-dook-dook-DOOK! Essas repetição de silabas faz parte do filme "The Babadook" que é um terror/suspense psicológico, uma coprodução de Austrália e Canadá, dirigido por Jenifer Kent em 2014, no qual uma mulher e seu filho (mais o filho que a mulher em si) enfrentam uma entidade do mal numa fantasia engraçada. 

Eu sempre ouvi falar do filme mas nunca dei a minima, até que hoje, resolvi assistir e NÃO ME ARREPENDO! O filme é cheio de simbolismo o que faz a sua cabeça pirar nas teorias. Então, antes de falar mais do filme quero deixar avisado que: VAI TER SPOILER SIM! Mas por uma boa causa!

No dia que Amelia (Essie Davis) está a caminho do hospital para dar a luz ao seu filho, Samuel, ela e seu marido sofrem um acidente e ele acaba morrendo no mesmo dia em que seu filho nasce, SIM! Samuel e a morte de seu pai fazem aniversario no mesmo dia, o que acaba atormentando Amelia todo santo ano. 

Samuel é uma criança agitada e desobediente mas também muito criativa que está sempre criando armas de madeira e armadilhas, interessada por magica mas que tem um sério problema de insônia, toda noite ele acorda do meio da madrugada, assustado por ter um monstro em seu quarto. 

Onde entra Babadook nisso ? Bem, Amelia sempre lê para Samuel antes de dormir, em uma noite ela deixa que ele escolha o livro, o pequeno acaba por escolher o "Mister Babadook" ou "Senhor Babadook", o que espanta Amelia, ou ela não sabia da existência do livo na casa OU Não que Samuel achasse-o. Um livro de terror mas infantil, com imagens em 3D.  Já nesta noite, a criança começa a ter medo do babadook e não querer dormir sozinho, o que começa a assustar a mãe.

O que é o Babadook? Nosso vilão é uma metáfora para a depressão e o luto, a dor que Amelia sente durante esses seis anos sem o marido e tendo que conviver com o filho que só a faz lembrar do falecido amado.  E quando babadook aparece é porque é a hora de enfrentar isto e aprender a viver com a dor. 

Mas o monstro só aparece na vida de Amelia quando babadook chega? Não. Lembram que eu falei que Samuel vive criando armas de madeiras e armadilhas? Então, não só eu mas como outras pessoas notamos que o menino também vem sofrendo com uma espécie de "monstro" e que ele deseja "matar" tal monstro MUITO antes do Babadook aparecer.  Tá, mas o que isso quer dizer ?  Que o garoto vem sofrendo com a negação de luto da mãe e pode deixar-lo depressivo também, afinal, uma criança precisa de amor materno. 

Talvez, o livro tenha sido escrito por Amelia, para ela desabafar sua dor pela perda de seu marido a personificando em uma espécie de demônio e essa teoria pode se concretizar já que em determinada parte do filme, Claire (irmã de Amelia), cita que Amelia era uma escritora de livros/Artigos infantis.


IMPORTANTE! SE VOCÊ NÃO QUER SABER O FINAL DO FILME, NÃO LEIA ABAIXO!
No final do filme, lá pros últimos quinze minutos, nós vemos o pequeno Samuel literalmente lutando contra Babadook no corpo de sua mãe  e quando ele finalmente consegue retirar a entidade do corpo de Amelia, agora é a vez dela de lutar contra a fantasia engraçadinha.  Quando a mulher vence o mal e vê o que está debaixo da fantasia, Babadook se assustada, a confronta E É CONFRONTADO! O que o faz correr para o porão (onde as coisas de pai de Sam estão) e se trancar.

Nos últimos quatro minutos, nós vemos Samuel, em sua primeira vez comemorando o seu aniversário colhendo minhocas junto de sua mãe para ALIMENTAR O BABADOOK! O que pode ser? Que talvez ela tenha aceitado o luto e aprendido que é uma dor que não irá nos abandonar mas que tem que ser vivida. 

E sendo sincera, eu amei o filme. 

3 de fev. de 2019

Não consigo mais ler! O que fazer?

Resultado de imagem para reading tumblr
Em Janeiro, bem no começo, eu comprei a trilogia completa de Para Todos os Garotos que Já Amei, eu devorei o primeiro e o segundo livro em uma semana, estava com hábito bom de ler todas as noites antes de dormir e durante o dia mas agora, no Agora e Para Sempre, Lara Jean, eu simplesmente não consigo mais ler. Eu estacionei na pagina vinte e três do livro e simplesmente não sinto mais vontade de ler esse ou qualquer outro livro, perdi o interesse. 
Pensando nisso, eu pesquisei algumas dicas para desenvolver novamente a vontade de ler e finalmente conseguir terminar o ultimo livro, eu estou colocando em prática e está me ajudando, mesmo que pouco. Eu separei as melhores para vocês ♥

1 -  Leia antes de dormir : É um ótimo método para estimular o hábito. Alguns estudos dizem que, ao ler antes de dormir, você consegue reduzir seu nível de tensão, ficando mais relaxado para dormir.  

2 - Se deixe abandonar um livro : Quem nunca abandonou um livro pela metade? Às vezes, a história não nos agrada, ou não é bem aquilo que esperávamos, então abandonamos. E abandonar faz parte, quando se continua a ler algo que não gosta, deixa de ser um momento prazeroso e vira uma obrigação, te deixando cansado daquilo que tanto gosta.

3 - Tenha sempre um livro na bolsa :  Ter um livro na bolsa em qualquer lugar que você vá, vai acabar te estimulando a ler quando estiver entendiada esperando por uma consulta, por exemplo. 

4 -  Estipule uma meta diária e recompensas : Meta e recompensa é algo que funciona para mim. Comece com uma recompensa minima para uma meta minima, por exemplo: Se você ler cinco paginas hoje terá direito a um pote pequeno de sorvete. E vá aumentando as metas e recompensas conforme for achando necessário.

Essas são as dicas que mais gostei e irei seguir, exceto pela numero dois, pois eu estou muito curiosa para saber o final de Lara Jean e Kavinsky. Espero que tenham gostado das dicas e que elas possam servir de ajuda para vocês!